Após queda de palco, festival irá restituir dinheiro do ingresso

Evento em Ribeirão Preto terá nova data, ainda não definida; acidente feriu integrantes da banda de Jorge Ben

Brás Henrique, de O Estado de S. Paulo,

15 de junho de 2008 | 15h23

A organização do festival João Rock, que ocorreria no sábado, 14, no Parque Permanente de Exposições, de Ribeirão Preto, começa a restituir na segunda-feira, 16, o dinheiro dos ingressos das pessoas que desistirem de ir ao evento, que terá nova data, ainda indefinida. O festival foi adiado pela organização após a estrutura metálica ao lado do palco (que sustenta telões), de 11 metros de altura, ter caído, pouco antes da abertura dos portões.  Veja também:Queda de palco fere 7 e adia festival em Ribeirão Preto As restituições serão feitas no Novo Espaço e na Rádio Difusora, das 9 às 18 horas, de segunda a sexta. E o prazo para terminar essa restituição vai até a nova data do evento, ainda não fechada. "Temos que assumir essa responsabilidade e não é preciso ir todo mundo num único dia", avisa Marques. "A lei nos faculta a restituição até a realização do novo evento e vamos ter o bom senso nessa questão."  Sete pessoas ficaram feridas - dois da banda do cantor Jorge Ben Jor (o tecladista fraturou o fêmur e o baterista teve ferimentos leves). Até a tarde deste domingo, dois ainda permaneciam internados em hospitais da cidade, com lesões na perna e na mão. Um dos feridos liberados passou por cirurgia de tornozelo, segundo Luit Marques, um dos organizador do festival, que teria nove atrações, como Pitty, O Rappa, Marcelo Nova, entre outros. Existem duas datas em negociação (não reveladas) para o novo festival e em ambas sete das nove bandas poderiam participar - duas não podem numa data e outras duas em outra. A nova data poderá sair até quarta-feira, 18. O incidente ocorreu durante a passagem de som, pouco antes da abertura dos portões, que ocorreria às 14 horas. O primeiro show começaria às 16 horas.  Um laudo pericial do incidente deverá ser divulgado durante a semana. O local da sétima edição do João Rock deverá ser mantido. Cerca de 20 mil ingressos foram vendidos antecipadamente. A organização investiu R$ 1 milhão no festival e calcula que o custo com o adiamento deverá ser metade desse valor.

Tudo o que sabemos sobre:
João RockJorge Ben

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.