Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Após queda de árvores, Ibirapuera deve reabrir ainda nesta 2ª

Uma das árvores caídas atingiu a casa onde funciona a administração do parque; outras atingiram vias onde os usuários costumam trafegar.

Marco Antônio Carvalho, O Estado de S. Paulo

29 Dezembro 2014 | 12h04

SÃO PAULO - A expectativa da administração do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, é que ainda nesta nesta segunda-feira, 29, a entrada de pessoas volte a ser permitida. O parque está com portões fechados após a chuva deste domingo que causou estragos no local, com a queda de árvores e interrupção no fornecimento de energia.

"Estamos fazendo um levantamento do que foi afetado. Não queremos que o usuário entre aqui para correr riscos", disse o diretor do parque, Heraldo Guiar. Segundo ele, os maiores danos foram causados pela queda de árvores, mas ainda não há um número exato de ocorrências dessa natureza no interior do parque.

Uma das árvores que caiu atingiu a casa onde funciona a administração do Ibirapuera. Outras árvores caíram sobre vias onde os usuários costumam trafegar. "Foram apenas danos materiais. Acredito que possamos reabrir ainda hoje", disse Guiar.

O fechamento repentino do parque frustrou o plano das pessoas que foram ao local na manhã desta segunda-feira. O ajudante-geral Fabiano Pinto, 38 anos, estava na preparação para a maratona de São Silvestre, programada para o próximo dia 31. "Vim para correr aqui. E agora, vou correr na rua?", disse.

Outras pessoas tiveram de refazer o programa de férias. Crislayni de Carvalho Oliveira, de 23 anos, aguardava ao lado de um dos portões a reabertura do parque mesmo sem haver horário determinado para o retorno do funcionamento. Ela havia planejado um piquenique com a família. "É a primeira vez que a gente veio e demos azar. Compramos as coisas para o piquenique e agora vamos esperar abrir", disse Crislayni.

Os planos da auxiliar de laboratório Rose Santos, 35 anos, também acabaram frustrados. "Vim de Taboão da Serra e trouxe minha filha para conhecer aqui, mas não está dando. Mas vou esperar reabrir. Vim de longe só para isso", disse.

Semáforos no entorno do parque também apresentam problema de funcionamento e contam com a presenças de agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para orientar o fluxo de veículos na região.

Mais conteúdo sobre:
Parque do Ibirapuera

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.