Após quase cinco horas, refém é liberada na zona sul

Homem que mantinha a jovem refém, sob a mira de uma faca, é seu padrasto e foi preso

da Redação

23 de agosto de 2008 | 15h04

A jovem que era mantida refém dentro de uma loja de roupa íntima, no Brooklin, zona sul da Capital, desde as 9 horas deste sábado, 23, foi liberada por volta das 14h30. O homem foi preso.   Ela foi rendida quando entrava em uma loja de roupas íntimas, na Rua Princesa Isabel, 178. Outras duas funcionárias da loja que estavam no local foram liberadas na hora.   O homem que mantinha a jovem refém, sob a mira de uma faca, é seu padrasto e exigia a presença da esposa no local. Ele permanecia dentro da loja, após a liberação da moça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.