Gabriela Biló/Estadão
Gabriela Biló/Estadão

Após perder habilitação por excesso de multas, Doria fará prova de reciclagem

Gestão diz que prefeito perdeu prazo para transferir pontos a motoristas que dirigiam carros no momento das infrações

O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2017 | 15h11

SÃO PAULO - O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), fará prova de reciclagem para recuperar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e voltar a poder dirigir. Ele está com o documento suspenso pelo excesso de multas, que extrapolaram o limite de pontos.

Doria está impedido de dirigir desde 13 de janeiro, quando entregou a CNH ao Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). A informação foi revelada pelo jornal Folha de S.Paulo nesta terça-feira, 6.

A Prefeitura informou, em nota, que motoristas profissionais dirigiam os carros de Doria no momento em que foram flagrados cometendo infrações de trânsito.

"As multas aplicadas contra os veículos acabaram assumidas por Doria porque perdeu-se o prazo de 30 dias para que os nomes dos condutores fossem informados ao Detran no prazo regimental", disse a administração municipal.

Segundo a Prefeitura, Doria assumiu os pontos, pagou as multas e cumpriu a penalidade administrativa de três meses sem dirigir. Ele precisará agora fazer a prova de reciclagem.

"Neste ano, (o prefeito) chegou a agendá-la por três vezes, mas, em razão da agenda atribulada, ainda não conseguiu fazer o exame", afirmou a Prefeitura.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.