Após obter guarda, mãe de Eliza busca neto

Quase 24 horas após obter na Justiça a guarda provisória do neto, a mãe de Eliza foi ontem buscá-lo em Foz do Iguaçu (PR). Sônia Fátima Moura comemorou o que considera ser sua primeira vitória e disse que o que quer agora é dar ao neto, que amanhã faz 5 meses, o que não pôde dar à filha. "Agora é levar a vida, cuidar do meu neto, dar amor e carinho. Ele é um pedacinho da Eliza que vou ter perto de mim", disse.

FABIULA WURMEISTER, ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2010 | 00h00

Tanto ela quanto o pai de Eliza disputam a guarda definitiva da criança. Luiz Carlos Samudio ficou com o neto por quase duas semanas, até vir a público que recorre de sentença de estupro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.