Após manifestação, três faixas são liberadas no Rodoanel em Osasco, SP

Dezenas de pessoas atearam fogo em objetos e interromperam trecho da rodovia no sentido Anhanguera

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

14 de setembro de 2012 | 07h03

Texto atualizado às 8h06

SÃO PAULO - Três faixas do trecho oeste do Rodoanel (São Paulo-Embu), na altura de Osasco, Grande São Paulo, foram liberadas pela Polícia Rodoviária para o tráfego de veículos. Uma manifestação realizada na manhã desta sexta-feira, 14, deixou um trânsito de quase oito quilômetros na região, antes da saída da Rodovia Raposo Tavares. 

Segundo a CCR Rodoanel, concessionária que administra a rodovia, o tráfego segue lento do km 29 ao 19, sentido Rodovia Bandeirantes. Os motoristas que estão nas rodovias Régis Bittencourt, Anchieta, Imigrantes e Raposo Tavares devem ainda evitar entrar no Rodoanel.  

Mais cedo, moradores de uma comunidade na região atearam fogo em objetos velhos, como pneus e madeira, para reivindicar moradias. O protesto causou a interdição da via a 2,5 quilômetros do acesso à Rodovia Castello Branco.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.