Após liberação na Berrini, Kassab nega mudanças na Paulista

Na terça, prefeito afirmou que não ia recuar, mas horas depois a Secretaria dos Transportes voltou atrás

Mônica Cardoso, O Estado de S. Paulo,

29 de julho de 2009 | 12h41

As restrições aos fretados vão continuar valendo na Avenida Paulista, afirmou nesta quarta-feira, 29, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Na terça, Kassab disse que não iria recuar das medidas por causa dos protestos, mas a Secretaria de Transportes liberou a circulação dos ônibus fretados na Luís Carlos Berrini, na zona sul de São Paulo.

 

Veja também:

linkKassab diz que não recua, mas fretados são liberados na Berrini

linkÔnibus deixam rua residencial e complicam Marginal

linkMetrô tem até 23% mais procura e quem usa fretado reclama de atrasos  

forum Opine: a Prefeitura deve aliviar as regras aos fretados?

 

Na manhã desta quarta, o prefeito anunciou que a programação de férias dos Clube Escola vão continuar - já que a volta às aulas foi adiada por causa da gripe suína. Questionado sobre as restrições aos fretados, o prefeito voltou a afirmar que as mudanças melhoraram o trânsito na capital paulista.

 

Mais conteúdo sobre:
fretadosKassabrestrição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.