Após incêndio, moradores do Real Parque param Marginal do Pinheiros

Vítimas de chamas que destruíram 320 barracos na sexta protestam com rojões e queima de pneus

Fabiana Marchezi e Pedro da Rocha, estadão.com.br

27 de setembro de 2010 | 18h46

SÃO PAULO - Um protesto dos moradores da favela Real Parque, na zona sul de São Paulo, bloqueia a pista local da Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, na altura da Ponte do Morumbi, no início da noite desta segunda-feira, 27.

 

De acordo com informações da polícia e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), revoltados por causa do incêndio que destruiu 320 barracos na última sexta-feira, 24, os manifestantes soltam rojões e ateiam fogo em pneus e vários objetos.

 

Os dois sentidos da via chegaram a ser bloqueados, o que causou quase 5 quilômetros de lentidão entre as pontes Eusébio Matoso e Morumbi. Por volta das 19h15, a pista expressa foi liberada. O Corpo de Bombeiros segue no local.

 

A entrada para a Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira continua bloqueada, tanto na via expressa quanto na local.

 

Texto atualizado às 19h25.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.