Após incêndio, moradores do Real Parque param Marginal do Pinheiros

Vítimas de chamas que destruíram 320 barracos na sexta protestam com rojões e queima de pneus

Fabiana Marchezi e Pedro da Rocha, estadão.com.br

27 de setembro de 2010 | 18h46

SÃO PAULO - Um protesto dos moradores da favela Real Parque, na zona sul de São Paulo, bloqueia a pista local da Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, na altura da Ponte do Morumbi, no início da noite desta segunda-feira, 27.

 

De acordo com informações da polícia e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), revoltados por causa do incêndio que destruiu 320 barracos na última sexta-feira, 24, os manifestantes soltam rojões e ateiam fogo em pneus e vários objetos.

 

Os dois sentidos da via chegaram a ser bloqueados, o que causou quase 5 quilômetros de lentidão entre as pontes Eusébio Matoso e Morumbi. Por volta das 19h15, a pista expressa foi liberada. O Corpo de Bombeiros segue no local.

 

A entrada para a Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira continua bloqueada, tanto na via expressa quanto na local.

 

Texto atualizado às 19h25.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.