José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Após fonte e árvore, Ibirapuera ganha pista de patinação

Rinque de gelo vai funcionar gratuitamente até 23 de dezembro; ontem, público compareceu em peso à inauguração do espaço

JULIANA DEODORO, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2012 | 02h04

Depois das fontes luminosas do lago do Ibirapuera, ligadas no dia 1.º, e da árvore de Natal de 58 metros, inaugurada anteontem, a região do parque na zona sul de São Paulo ganhou agora mais uma atração (e foco de trânsito): um rinque de patinação no gelo.

Pelo terceiro ano consecutivo, a Prefeitura montou uma pista de patinação aberta ao público. Em 2010, ela havia sido montada no Anhangabaú, no centro, e no ano passado, na Ponte Octavio Frias de Oliveira, sobre o Rio Pinheiros, mas neste ano ela está ao lado do Ibirapuera, perto da tradicional árvore de Natal.

A inauguração, às 14h de ontem, foi acompanhada por um calor de 30,5°C (com máxima de 32,7°C às 16h, segundo a Climatempo) e uma grande fila de interessados. A pista comporta até 60 pessoas e cada grupo fica 15 minutos patinando. É possível ir mais de uma vez: é só pegar a fila de novo.

Durante os fins de semana, haverá também apresentações na pista. Aos sábados e domingos, a partir das 22 horas, histórias de Natal serão contadas por patinadores. Além disso, haverá demonstrações de hóquei.

De férias em São Paulo, Anderson Silva Bem e Ivana Vasconcelos, ambos de 34 anos, trouxeram os filhos Lorena, de 6 anos, e Davi, de 3, para patinar. Como nunca haviam feito nada parecido em Porto Velho (RO), a expectativa era grande. "Não sei se vamos patinar, mas vamos cair com certeza", brincou Ivana. Na pista, enquanto Anderson arriscava alguns movimentos sozinho, Ivana e Lorena não soltaram o corrimão que serve de apoio para os menos confiantes.

Profissionais. Quem não se sente muito seguro pode contar com a ajuda de 20 monitores. Para o instrutor Robson Corvo, não há mistério. "A dica é a pessoa confiar nela mesma e deixar o corpo se acostumar." Todos os usuários são obrigados a usar joelheira, cotoveleira, luvas e capacete. Um kit higiene com touca, luvas e meias descartáveis também são entregues a todos.

Mesmo com os conselhos, o ator Kleber Goes, de 32 anos, levou dois tombos. Goes vai passar Natal e o ano-novo nos Estados Unidos e queria fazer um teste para não fazer feio por lá. "Meu problema é que fui ficando confiante demais. A gente vê nos filmes e parece tão fácil..."

A depiladora Ana Cristina Araújo, de 34 anos, não temeu pelos filhos Carlos Eduardo, de 10 anos, e Ruan Carlos, de 7. "Eles nunca patinaram, mas são descolados. Tenho certeza de que vão se dar bem."

Serviço:

NATAL NO GELO

Rua Marechal Maurício Cardoso, em Moema - Das 14 às 22h, até o dia 23/12

- Aberto para todas as idades (crianças de 5 a 14 anos têm de estar acompanhadas por um responsável)

- É preciso levar documento com foto e assinar um termo de responsabilidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.