Após enterrar filho mais velho, dona de casa visita o caçula

A dona de casa Elaine Marques Gonçalves perdeu um filho na tragédia. Outro filho ficou ferido. Após o enterro do atendente de farmácia Deivis, de 32 anos, ela viajará a Porto Alegre hoje para visitar Gustavo, de 25 anos, que foi transferido ao setor de queimados do Hospital de Pronto-Socorro.

O Estado de S.Paulo

28 Janeiro 2013 | 02h02

"A gente vai dar uma volta. Se não estiver bom lá a gente volta", disse Deivis ao se despedir de Elaine. Ele morreu asfixiado. Os irmãos não eram de sair muito porque a família já tinha enfrentado mortes recentemente. Era a primeira grande festa que foram após a morte da avó, há dois meses. O pai deles morreu há 2 anos.

Medianeira Castro, de 35 anos, perdeu a irmã, Marilene, aos 32. Ela deixou um filho de 16 anos. Foi à festa com duas amigas e estavam na frente do palco. Morreu pisoteada. Medianeira identificou às 11h de ontem o corpo da irmã, que era atendente do cinema do Shopping Royal. / PABLO PEREIRA, ENVIADO ESPECIAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.