Após dois dias sem ônibus, greve termina no ABC

Motoristas e cobradores de ônibus do ABC paulista encerram a greve ontem, mas a frota completa de coletivos retornou às ruas apenas no fim da tarde.

Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2011 | 00h00

A paralisação prejudicou o deslocamento diário de cerca de 700 mil passageiros nas sete cidades da região. Em Santo André, houve espera prolongada nos Terminais Leste e Oeste, porque as sete empresas de coletivos da cidade restabeleceram a circulação só no fim da manhã.

Na rodoviária central de São Bernardo do Campo, passageiros tiveram dificuldade de embarcar em ônibus municipais e nos trólebus, que voltaram a rodar pelo Corredor Metropolitano ABD após as 10h. Os motoristas cumpriram determinação do Tribunal Regional do Trabalho, apesar de terem obtido reajuste inferior ao pedido: 7,8% contra 8% no salário e no vale-alimentação, segundo o Sindicato dos Rodoviários do Grande ABC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.