Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Após dia mais quente do ano, SP deve bater novo recorde de temperatura

Máxima pode chegar a 34ºC na capital paulista; há possibilidade de pancadas de chuvas isoladas

Paulo Beraldo, O Estado de S.Paulo

23 Janeiro 2018 | 08h18

SÃO PAULO - Após registrar o dia mais quente do ano, com temperatura que chegou a 32,2ºC, a cidade de São Paulo deve ter mais um dia de fortes temperaturas e pancadas isoladas de chuvas nesta terça-feira, 23. O sol deve predominar durante o dia e a máxima pode chegar a 34ºC, segundo o Climatempo. 

+ Mortes no trânsito caem 7% na capital; atropelamentos fecham 2017 em alta

A meteorologista Fabiana Weykamp, do Climatempo, explica que a cidade está sob influência de ar quente e úmido. "A chuva pode cair forte, com raios e rajadas de vento, mas deve ser mal distribuída", diz. Na segunda, 22, a cidade registrou tempestades e raios em algumas regiões, enquanto teve pouca ou nenhuma pluviosidade em outras, cenário que tem se repetido nos últimos dias. 

Os raios que atingiram o solo somaram 3.333 somente na Região Metropolitana de São Paulo. Uma partida de futebol válida pela semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, entre São Paulo e Internacional, chegou a ser paralisada e adiada em Barueri por conta da tempestade. 

+ CCR arremata a concessão das linhas 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô de SP

O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) declarou estado de atenção para alagamentos no fim da tarde e à noite em diversos pontos da capital, inicialmente entre 17h e 18h40 e depois entre 20h27 e 23h22, em regiões como as Zonas Leste, Norte, Oeste, Sudeste, Sul, Sudeste, Centro, Marginal Tietê e Marginal Pinheiros. 

No domingo, a cidade chegou a ter dez pontos de alagamento, ainda segundo o CGE. De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve ao menos 18 ocorrências de queda de árvore na cidade. 

Próximos dias. Na quarta-feira, o clima deve ser parecido, com predomínio de sol, calor e temperaturas altas. Há possibilidades de mais rajadas de vento pela aproximação de uma frente fria que se aproxima. Na quinta, deve chover mais com a chegada da frente fria. 

+ Banespão reabre nesta sexta-feira, com foco no interior

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.