ALEX SILVA/ESTADÃO
ALEX SILVA/ESTADÃO

Após cinco anos de processos, chefe da Máfia do ISS começa a cumprir pena

Ronilson Bezerra Rodrigues, subsecretário da Receita municipal na gestão Kassab, foi condenado a 16 anos de prisão

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

01 de fevereiro de 2019 | 13h20

SÃO PAULO - Condenado pela Justiça por liderar o esquema conhecido como Máfia do Imposto Sobre Serviços (ISS), o ex-aditor fiscal Ronilson Bezerra Rodrigues, subsecretário da Receita municipal durante a gestão Gilberto Kassab (PSD), se apresentou para começar a cumprir sua pena, de 16 anos em regime fechado, nesta sexta-feira, 1º. 

Bezerra, o empresário Marco Aurélio Garcia, irmão do vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, e ex-fiscal da Prefeitura Fábio Remessa, tiveram ordem de prisão expedida na terca-feira, 29, após o trânsito em julgado do processo penal do qual eles eram alvo, em segunda instância.

O ex-subsecretário se apresentou no 31º Distrito Policial (Carrão), na parte da manhã. A pena que ele recebeu é pelo crime de lavagem de dinheiro, mas ele responde a mais de 20 processos, incluindo corrupção, associação para organização criminosa e ocultação de bens. A máfia é acusada de cobrar propina para facilitar o setor imobiliário paulistano a sonegar o ISS (daí o nome do esquema). Enquanto agiu, cerca de  R$ 500 milhões deixaram de ser arrecadados, segundo a investigação.

Segundo Márcio Sayeg, advogado que defende Ronilson, o ex-fiscal "estava cansado". O criminalista havia ingressado pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que ainda não foi apreciado. Na quinta, conforme o Estado antecipou, o Ministério Público Estadual (MPE) havia informado que acionaria a interpol para ajudar na localização do trio, que não estava sendo localizado pela Polícia Civil.

Os demais condenados continuam foragidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.