Após chuvas, estado de atenção é suspenso em São Paulo

Região leste foi a mais atingida; foram registrados sete pontos de alagamento em toda a cidade

Paulo Maciel, estadao.com.br

01 Janeiro 2009 | 21h35

O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) suspendeu o estado de atenção em toda a cidade de São Paulo. A região leste foi a mais atingida pela chuva que caiu no final da tarde e início da noite desta quinta-feira, 1. O CGE registrou sete pontos de alagamento, a maioria deles na Avenida Luis Inácio de Anhaia Mello.   Por volta das 21h20 permaneciam intransitáveis o trecho da Avenida Aricanduva, no sentido Marginal-Itaquera, altura da Avenida Tumucumaque; Avenida Nações Unidas, sentido Interlagos/Castelo Branco, pista local, altura da Rua Prof. Campos de Oliveira; Avenida Conde de Frontin, junto ao Viaduto Engº Alberto Badra, sentido centro-bairro. Também estava intransitável a Avenida dos Campanellas, junto a Rua Viegas de Menezes, no bairro de Itaquera.   O CGE prevê a ocorrência de mais chuva na tarde desta sexta-feira devido à chegada de uma frente fria na região metropolitana de São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Trânsito São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.