Após chuva, São Paulo registra lentidão recorde no trânsito

Às 18h30, cidade tinha 175 km de congestionamento, maior número do ano; temporal espalhou alagamentos

Priscila Trindade e Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

26 Janeiro 2010 | 18h21

Após a chuva que deixou 52 pontos de alagamentos, a cidade de São Paulo registrou 175 quilômetros de vias congestionadas às 18h30, recorde do ano, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

 

Veja também:

blog Blog do Trânsito: Acompanhe situação das ruas e estradas

linkTemporais já causaram 62 mortes no Estado de SP

linkChuvas deixam 27 cidades paulistas em emergência

linkTemporal provoca quedas de barreira em 7 rodovias de SP

 

Marginal do Tietê, próximo à Ponte da Casa Verde, por volta das 18h. Foto: Fábio Mazzitelli/AE

Três regiões de São Paulo ficaram em estado de alerta das 16h20 às 17h45, devido ao transbordamento de córregos nessas áreas. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, informou que as ocorrências foram registradas nos córregos Mandaqui (Casa Verde), Ribeiro dos Meninos (Ipiranga) e Tiquatira (Penha).

 

O Rio Tietê transbordou e alagou a Marginal do Tietê, sentido Ayrton, na transposição da pista expressa para a local. Os dois sentidos da Ponte do Piqueri também ficaram alagados na altura da Avenida Edgar Facó.

Trens

A circulação de trens na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana) foi retomada às 19h20 desta terça-feira, cerca de cinco horas após ter sido interrompida por causa de alagamentos. O trecho afetado pelas chuvas compreende as estações Jardim Romano e Engenheiro Manoel Feio.

 

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informou que uma das vias foi liberada. Com isso, a CPTM cancelou o Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese), que havia sido acionado com os ônibus da EMTU. A Linha 12 circula com intervalos maiores entre o trecho afetado.

 

Texto atualizado às 20h40.

Mais conteúdo sobre:
chuvas SP trânsito congestionamento recorde

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.