Após chuva, Caieiras decreta situação de emergência

Dezenas de pessoas foram afetadas pelo temporal na cidade; nível do Rio Juqueri subiu e bairros foram atingidos

Solange Spigliatti e Ricardo Valota, Central de Notícias

09 de dezembro de 2009 | 11h31

A Prefeitura de Caieiras, na Grande São Paulo, decretou ontem à tarde situação de emergência em função das chuvas que atingiram a região desde a noite de segunda-feira. Balanço parcial da prefeitura mostra que cerca de 30 famílias foram atingidas pelo temporal. O nível do Rio Juqueri subiu, afetando principalmente os bairros Rosina, Jardim São Francisco, Centro, Laranjeiras e Marcelino.

 

Veja também:

linkEstado culpa sistema de bombas

link'Não foi o caos', afirma Kassab

linkKassab deixou de investir R$ 353 mi contra enchentes

especialEspecial: as principais enchentes dos últimos dez anos

mais imagens São Paulo vira Veneza, a cidade submersa

Funcionários da prefeitura estão trabalhando hoje na limpeza da cidade e das pistas da Avenida Waldemar Gomes Marino, atingida por uma queda de barreira. Segundo a administração municipal, apenas hoje será possível fazer um levantamento detalhado dos estragos causados pelas chuvas. As famílias atingidas estão sendo cadastradas.

    

 

Rio Juqueri tranbordou e atingiu estrados de papel e celulose. Foto: Evelson de Freitas/AE

Em Cajamar, também na Grande São Paulo, agentes da Defesa Civil retomaram nesta manhã as buscas a um homem de 45 anos que desapareceu ontem pela manhã em um córrego do bairro Vila União.

De acordo com o órgão municipal, durante a retirada dos moradores do bairro, devido aos alagamentos de ontem, Antonio Carlos Vasques soltou do cabo de segurança, usado pelos agentes para o resgate dos moradores, para pegar um dos chinelos que havia saído do pé durante o trajeto. Nesse momento, com a força da correnteza, Antonio caiu no córrego e foi levado pela enxurrada. Ele foi atingido na cabeça por um pedaço de madeira e desapareceu no córrego, segundo a Defesa Civil.

Deslizamento

Um deslizamento de terra ocorrido no começo desta madrugada deixou uma residência destruída e pelo menos mais três sob risco de desabamento no Parque Savoy City, região de Cidade Líder, na zona leste de São Paulo.

Sete equipes dos bombeiros foram encaminhadas para o local, onde foi constatado apenas danos materiais, sem registro de vítimas. As famílias das demais casas que estão comprometidas já deixaram os imóveis e aguardam a chegada da Defesa Civil. Apenas duas equipes dos bombeiros permanecem no local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.