Após briga, policiais e motorista param na delegacia

Policiais teriam cometido abuso de autoridade contra motorista de ônibus

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

18 de maio de 2010 | 04h39

Dois policiais civis, que se identificaram como investigadores, foram o pivô de uma desinteligência de trânsito ocorrida por volta das 18h45 desta segunda-feira, 17, na esquina da Praça Dom Gastão Liberal Pinto com a Avenida Brigadeiro Luís Antonio, no Itaim Bibi, zona sul de São Paulo.

 

Ocupando um Corsa, os dois policiais se irritaram com o motorista de um coletivo articulado prefixo 72718, da Viação Campo Belo, que teria fechado o veículo de passeio em que estavam os dois investigadores. No calor da discussão, após o ônibus ser parado, os policiais ordenaram que todos os passageiros descessem.

 

O motorista Samuel de Freitas, de 30 anos, que operava a linha 5111 (Terminal Santo Amaro - Terminal Parque Dom Pedro), foi acusado pelos dois policiais de estar bêbado. Algemado, Samuel foi levado para a delegacia do Itaim Bibi (15ºDP) e, na presença de pelo menos nove testemunhas, fez o teste do bafômetro e nada foi constatado.

 

Diante das testemunhas revoltadas com o abuso de autoridade dos dois policiais e do resultado do exame de teor alcoólico favorável ao motorista, o delegado resolveu apenas registrar um termo circunstanciado (registro de um fato tipificado como infração de menor potencial ofensivo) e liberou todos.

Tudo o que sabemos sobre:
brigabafômetro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.