Após agressão a mulher, Justiça manda Dado sair de casa

Publicitária casada com ator recorreu à Justiça porque estaria sofrendo agressões. Defesa diz que ator já cumpriu a decisão

Talita Figueiredo / RIO, O Estado de S.Paulo

21 Agosto 2010 | 00h00

A juíza Maria Cristina Brito Lima, da 1.ª Vara de Família da Barra, na zona oeste do Rio, determinou que o ator Dado Dolabella saia da casa onde vive com a mulher, a publicitária Viviane Sarahyba. Anteontem, ela entrou com pedido de medida cautelar contra o marido para obrigá-lo a sair de casa, porque estaria supostamente sofrendo agressões físicas. O ator foi visto ontem à noite embarcando no Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio, com destino a Florianópolis (SC).

O Estado não conseguiu ontem contato com Sérgio Calmon, advogado de Viviane Sarahyba. Ao site da revista Quem, o advogado informou que Dado Dolabella já havia saído de casa, levando consigo seus bens de uso pessoal e documentos, como ordenava a sentença da juíza Maria Cristina. O defensor ainda ressaltou que Viviane quer fazer um acordo com Dado para uma separação amigável dos dois e para determinar a guarda do filho do casal, João Valentim. "Ela não quer mal ao Dado. Ninguém tem sede de litígio. Queremos entrar num consenso para que todos vivam em paz", disse ao site. "É um momento difícil. Ninguém se casa para separar. É uma dor muito grande, um momento de luto. Ela está recolhida, se juntou aos familiares."

Eles se casaram em setembro de 2009, quando Viviane já estava grávida de 6 meses. Até as 23 horas, o Estado não conseguiu contatar o advogado do ator, Michel Assef Filho, para comentar o processo.

No início deste mês, Dado foi condenado a 2 anos e 9 meses de prisão em regime aberto por agressão a ex-namorada, a atriz Luana Piovani, e sua camareira, Esmeralda de Souza. Como é réu primário, sua pena pode ser convertida em prestação de serviço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.