Após 7 anos, assassino do dono da fábrica Schincariol é preso em Ribeirão Preto

A Polícia Civil prendeu ontem, em Ribeirão Preto, interior do Estado, o pedreiro Gleison Lopes de Oliveira, condenado a 23 anos de prisão pelo assassinato do empresário José Nelson Schincariol, da empresa de bebidas Schincariol, em agosto de 2003. Oliveira ficou preso 191 dias e foi solto em agosto de 2004, por engano - um texto confuso fez o habeas corpus ser concedido.

, O Estado de S.Paulo

12 Janeiro 2011 | 00h00

O empresário morreu aos 60 anos após ter sido baleado por dois homens, durante uma tentativa de assalto, na garagem de sua casa, em Itu (SP). Ele teria reagido e levou três tiros, nas costas e na cabeça. Segundo a Promotoria, Alexandre Schincariol, filho mais velho do empresário e amigo de Oliveira, teria dado informações para ficar com 10% do dinheiro do assalto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.