Estadão
Estadão

Após 66 horas, bombeiros encontram corpo de operário desaparecido

De acordo com os bombeiros, a vítima estava prensada entre uma viga e uma rampa

O Estado de S. Paulo

05 Dezembro 2013 | 10h49

Atualizado às 15h05

Passadas 66 horas do desabamento de um prédio em construção em Guarulhos, os bombeiros encontraram às 13h45, desta quinta-feira, 5, o corpo do operário Edenilson dos Santos, de 24 anos, prensado entre uma viga e uma rampa.

Cerca de 12 viaturas, 36 homens e dois cães farejadores participavam da busca.O prédio que desabou na segunda-feira, 2, ficava na Avenida Presidente Castelo Branco, na Vila Augusta. Ao todo, mais de 300 toneladas foram retiradas do local. 

Obra. A construção, segundo a Prefeitura de Guarulhos, tinha alvará desde novembro de 2012. A empresa Salema Comércio, Construção e Projetos Ltda, responsável pela obra, pediu uma alteração de projeto acrescentando um mezanino e este alvará foi emitido em novembro. "A última fiscalização feita pela prefeitura foi em setembro. Nós não recebemos nenhuma denúncia sobre esta obra", disse, na terça-feira, a diretora do departamento de licenciamento urbano da Prefeitura de Guarulhos, Ana Malufi.

O engenheiro civil Fernando Madeira Salema, responsável técnico pela construção que desabou na segunda-feira, em Guarulhos, tem três processos e uma denúncia no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo. Ele é sócio-proprietário da empresa que leva seu nome.

Em nota, o Crea afirmou que não encontrou erro na documentação da área, onde estava sendo feito um condomínio com 30 apartamentos e dois salões comerciais. "O Crea-SP esclarece que instaurou processo de apuração de responsabilidades, procedendo, no primeiro momento, à verificação dos documentos da empresa responsável e do profissional responsável técnico pela execução, constatando que ambos estão regulares."

Mais conteúdo sobre:
desabamentoguarulhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.