Após 54 dias sem chuva, São Paulo amanhece com garoa nesta terça

Umidade do ar chegou a 80%, mas garoa não pode ser classificada como chuva, de acordo com o Inmet

Gheisa Lessa, O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2012 | 10h09

SÃO PAULO - Depois de 54 dias sem chuva, São Paulo amanheceu com garoa na manhã desta terça-feira, 11. A fina garoa, que deixou o índice de umidade do ar em 80%, não pode ser classificada como chuva de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), mas trouxe alívio às ruas. Na última segunda-feira, 10, a capital chegou a ficar 5 horas em estado de atenção por causa da baixa umidade do ar, com mínima de 18%.

A temperatura máxima esperada para esta terça-feira é de 28ºC, afirma o Inmet. A previsão é de que o dia permaneça nublado, com a presença de garoas em toda a capital e norte do Estado.

Segundo o Inmet, a garoa que atingiu a capital paulista durante a madrugada e o início da manhã  não é suficiente para ser classificado como chuva e zerar o número de dias sem precipitações na cidade. O instituto afirma que apenas no final do dia a quantidade de água chuviscada poderá mudar o quadro.

Durante os próximos dias, os meteorologistas preveem queda de temperaturas, assim como a estabilização da umidade do ar em níveis saudáveis para os paulistanos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.