Após 3 anos de atrasos, complexo policial vai abrigar 14 delegacias e 3 mil agentes

Com três anos de atraso, foi inaugurada nesse domingo, 29, a Cidade da Polícia, no bairro do Jacaré, zona norte do Rio. O complexo vai abrigar 14 delegacias especializadas e 3 mil agentes da Polícia Civil fluminense. O projeto, orçado em R$ 170 milhões, foi erguido no terreno doado em 2009 ao governo do Estado por uma fábrica de cigarros. A área é considerada estratégica, por ficar próxima de vias expressas e das Favelas de Manguinhos e do Jacarezinho - duas das mais violentas da cidade no passado, mas que atualmente têm Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). O espaço é composto por nove blocos. A área de treinamento terá favela cenográfica, estande e casa de tiros.

O Estado de S.Paulo

30 Setembro 2013 | 02h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.