Após 12 dias internados, prefeito e primeira-dama de Osasco recebem alta médica

Casal estava internado desde o dia 28 de junho no Hospital Municipal Antônio Gioglio; eles foram atingidos pela explosão de uma fogueira durante o tradicional Arraiá do Servidor

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2019 | 12h03

SÃO PAULO - O prefeito de Osasco, Rogério Lins, e a primeira-dama, Aline Lins, receberam alta médica do Hospital Municipal Antônio Gioglio nesta quarta-feira, 10.

Eles estavam internados desde o dia 28 de junho, após terem sido atingidos pela explosão de uma fogueira durante evento conhecido como Arraiá do Servidor.

Em nota, a prefeitura de Osasco informou que o "tratamento do prefeito e da primeira-dama se dará em casa e ambos seguirão todas as recomendações médicas, retomando seus compromissos aos poucos".

Acidente

A fogueira explodiu no momento em que o prefeito de Osasco, Rogério Lins, e a primeira-dama, Aline Lins tentaram acendê-la. No vídeo, é possível ver altas labaredas. O público não se feriu, graças à grades de contenção que cercavam a fogueira.

Lins e Aline foram socorridos no local e encaminhados para o Hospital Municipal Antônio Giglio.

Tudo o que sabemos sobre:
Osasco [SP]Rogério Lins

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.