Após 11 dias de queda, nível do Cantareira tem ligeira alta

Volume armazenado de água nas represas no começo deste final de semana é de 14,6%

O Estado de S. Paulo

22 Março 2014 | 14h50

Depois de 11 dias consecutivos de queda, o nível de água dos reservatórios do sistema Cantareira, que abastece cerca de nove milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo, registrou leve alta neste sábado, 22. O índice subiu de 14,5% na sexta-feira, 21, para 14,6%, de acordo com o sistema de acompanhamento da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Na mesma data do ano passado, o nível dos reservatórios do sistema Cantareira estava em 60,7%. Depois do período seco entre janeiro e fevereiro, os últimos dias tiveram mais chuvas. A nove dias do fim de março, a quantidade acumulada de precipitação nas represas já corresponde a 96,9% da média esperada para o mês. 

No Sistema Alto Tietê, que abastece a zona leste e alguns municípios da Grande São Paulo, o índice é de 37,1% de volume armazenado. Já a represa de Guarapiranga, que fornece água para a zona sul, segue como a menos afetada pela estiagem desse verão: o nível está em 76,2%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.