Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Apesar das chuvas, nível do Cantareira fica estável neste domingo

Conjunto de represas abastece 5,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo; Alto Tietê e Guarapiranga também não tiveram alta

Paula Dias, Agência Estado

01 Novembro 2015 | 11h20

SÃO PAULO -  Apesar da chuva da madrugada, o Sistema Cantareira apresenta estabilidade no seu nível de armazenamento neste domingo, 1.º, pelo segundo dia consecutivo. O nível dos reservatórios do sistema ficou em 16%, segundo boletim da Companhia de Saneamento do Estado de São Paulo (Sabesp).. Esse indicador considera as duas cotas do chamado volume morto, adicionadas em 2014. Com as chuvas das últimas horas, o sistema, que abastece 5,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo, registrou captação de 4,9 milímetros.

Os Sistemas Alto Tietê e Guarapiranga também mantiveram estáveis os níveis dos seus reservatórios entre sábado, 31, e domingo, em 13,7% e 76,5%, respectivamente. No Alto Tietê, houve captação de 9,4 milímetros de águas das chuvas nas últimas 24 horas e no Guarapiranga, de 15,6 milímetros.

Outros. Já o Sistema Alto Cotia, com captação de 32,6 milímetros de água nas últimas horas, teve seu volume elevado marginalmente, de 58% para 58,3%. O Sistema Rio Grande, com 13 milímetros de chuvas, teve seu nível de armazenamento elevado de 86,6% para 87%. 

O Sistema Rio Claro foi o único manancial a registrar queda do nível de armazenamento nas últimas 24 horas. Hoje o sistema tem 54% de sua capacidade preenchida, abaixo dos 54,6% de ontem. 

Mais conteúdo sobre:
cantareira crise da água chuvas são paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.