Apagão atinge zona sul e causa lentidão recorde nesta terça

Segundo a CET, mais de 20 semáforos estão apagados, deixando o trânsito complicado

Gustavo Miranda e Solange Spigliatti, estadao.com.br

04 de março de 2008 | 09h42

Um dia depois de a cidade ter registrado  congestionamento recorde para o período da  manhã - 152 quilômetros às 9h30 de segunda-feira, 3, São Paulo bateu novamente a marca de lentidão nesta terça-feira, 4. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), um problema na transmissão de energia deixa mais de 20 semáforos da zona sul da cidade apagados e fez a cidade acumular, às 9h30, 155 quilômetros de vias congestionadas - a maioria dos problemas estava concentrada na zona sul.      Veja também:   Veja os pontos de lentidão em São Paulo Apagão elétrico atinge 690 mil casas em São Paulo   O problema atinge principalmente bairros como Itaim, Moema, Santo Amaro, Brooklin e Paraíso. Segundo as primeiras informações, ainda não confirmadas, um transformador da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Ceteep) teria pegado fogo, causando a interrupção da transmissão de energia elétrica. A assessoria da Ceteep não foi encontrada para confirmar as informações.   Segundo moradores e motoristas, a falta de energia afeta residências e apaga semáforos em cruzamentos como os das Avenida Luís Carlos Berrini, Jornalista Roberto Marinho, Indianópolis, República do Líbano, Nove de Julho, Ibirapuera, Moreira Guimarães e Washington Luiz. Mais de 20 semáforos estão apagados, deixando o trânsito complicado.   Na Washington Luís, sentido bairro-centro, há 7,3 quilômetros de morosidade, desde a Avenida Nossa Senhora Sabará até o Viaduto João Julião da Costa Aguiar. Na Salim Farah Maluf, o trânsito ruim acontece, no sentido da Marginal Tietê, entre a Avenida Luís Inácio de Anhaia Melo e a Ponte do Tatuapé, num total de 6,4 quilômetros.   Por volta das 9 horas, o helicóptero Águia, da Polícia Militar, pousou em plena Marginal Tietê para socorrer duas vítimas que estavam presas nas ferragens. Segundo a CET, o acidente ocorreu, no sentido Lapa/Penha, pista expressa, na altura da Ponte da Casa Verde, e envolveu dois caminhões e um veículo de passeio. Três faixas foram interditadas para que o aparelho aterrissasse e providenciasse o socorro às pessoas.   Mais cedo, uma pessoa morreu depois de ser atropelada por uma motocicleta, na Avenida Moreira Guimarães, na altura da Avenida Jandira. Um outro atropelamento, na Avenida Santos Dumont, próximo à avenida do Estado, deixou um ferido e ocupava a faixa da esquerda da avenida. Outros dois acidentes envolvendo motocicletas ajudavam a aumentar o índice de lentidão na capital. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.