Aos 90 anos, político ainda está na ativa

Laudo Natel, ex-governador de São Paulo na década de 1960

Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

13 Janeiro 2011 | 00h00

Dentre os vários ex-governadores vivos de São Paulo, o empresário e dirigente esportivo Laudo Natel foi quem esteve lá há mais tempo. Ele foi governador por duas ocasiões, entre 1966 e 1967 e 1971 e 1975, além de ter dirigido o São Paulo Futebol Clube entre 1952 e 1970 - período marcado por sua atuação para obter recursos para o Estádio do Morumbi.

Hoje, aos 90 anos, Natel ainda não decidiu se aposentar. Ele começou a trabalhar na diretoria do Bradesco na década de 1950 e, atualmente, ainda presta assessoria para o banco. Toda terça-feira ele sai de sua casa no Pacaembu, na zona oeste, para ir à sede da instituição às 6h30, onde discute com a atual diretoria sobre assuntos diversos. Para manter a saúde, o ex-governador caminha entre quatro e cinco quilômetros por dia e cuida dos passarinhos que frequentam a área externa do casarão.

Outras tradições que continua seguindo são os jantares com os filhos, os jogos do São Paulo pelo radinho e o tradicional almoço de domingo com a família - que, entre filhos, netos e bisnetos, é composta por 21 descendentes.

Toda essa história rendeu até a biografia Laudo Natel: Um Bandeirante, lançada no fim do ano passado pelo jornalista Ricardo Viveiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.