Ao estilo da 'Gangue da marcha à ré', grupo assalta loja em SP

Prejuízo foi de aproximadamente R$ 25 mil; bandidos deixaram carro roubado no estabelecimento da zona norte

Solange Spigliatti, estadao.com.br

15 Dezembro 2008 | 10h27

Mais uma loja foi assaltada em São Paulo com o mesmo método usado pela Gangue da Marcha à Ré, que usa um carro para arrombar a porta do estabelecimento. Desta vez, a loja assaltada estava localizada na Praça Ângelo Conti, no Parque Novo Mundo, zona norte da capital paulista.     Veja também: Todas as notícias sobre a atuação da gangue    A loja de roupas foi arrombada por volta das 6 horas de domingo, 14, com uma Parati roubada, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Os ladrões levaram 500 calças jeans, 800 bermudas e R$ 3 mil. Segundo a dona da loja, o prejuízo é de aproximadamente R$ 25 mil. Os criminosos fugiram, abandonando o carro no local, que foi entregue ao dono.   No último dia 28, um grupo com oito pessoas em três carros, ao mesmo estilo da gangue arrombou a porta de aço da Yes Surf Shop. A loja de artigos esportivos está localizada na Rua Svaa Evans, no Jardim Presidente Dutra, Guarulhos. A quadrilha usou dois Fiat Pálio e um Ford Ka branco. Segundo o dono da loja, os bandidos levaram cerca de R$ 7 mil reais em mercadorias.   No final de outubro, quatro suspeitos de pertencerem a gangue que atuava na região do centro, zona oeste e sul de São Paulo foram presos após o assalto a uma loja na Brigadeiro Faria Lima. Antes, outros dois já haviam sido presos, entre eles um jovem soldado da Aeronáutica.

Mais conteúdo sobre:
Gangue da marcha a réassalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.