Anvisa faz inspeção em navio atracado no Porto de Santos

Foram constatados sete casos de doenças no Balmoral, que tem como destino a Inglaterra

Solange Spigliatti e Ítalo Reis, do estadão.com.br, atualizado às 18h25

07 Março 2012 | 13h56

SÃO PAULO - Equipes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) inspecionaram, na tarde desta quarta-feira, 7, o navio de cruzeiros Balmoral, da armadora Fred Olsen Cruise Line, que chegou pela manhã ao Porto de Santos, litoral sul de São Paulo.

De acordo com a Anvisa, uma inspeção inicial constatou dois casos de diarreia em passageiros e cinco casos de gripe, dois em tripulantes e três em passageiros. Segundo a agência, os casos estão sob controle e não são graves. Por causa da situação foram iniciados processos de desinfecção e limpeza nas cerca de 700 cabines e também nas áreas comuns.

Para evitar a piora da situação, o navio passou a fazer alertas sonoros para os passageiros sobre como prevenir e controlar a influenza e casos de diarreia, sob orientação da Anvisa. A agência continuará a monitorar o navio enquanto ele estiver em água brasileiras.

O navio saiu do Chile com cerca de 1.200 passageiros com destino à Inglaterra, passando por Montevidéu, no Uruguai, e Santos e Ilhabela, no Brasil. Segundo informações da companhia Fred Olsen, a embarcação deve passar ainda pelo Rio, Salvador, Recife, Fortaleza e Santarém antes de seguir para Southampton.

Mais cedo, o Jornal Hoje, da TV Globo, informou que cerca de 50 pessoas passaram pelo atendimento médico do navio e registraram uma síndrome gripal. Outros 30 passageiros apresentaram diarreia.

Como o navio está em trânsito, não haverá embarque ou desembarque de passageiros.

Mais conteúdo sobre:
NaviocruzeirosAnvisaBalmoral

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.