Anna Jatobá passa mal e Nardoni mostra tranquilidade

Bastidores:

Bruno Tavares, O Estadao de S.Paulo

23 Março 2010 | 00h00

Eram 8h30 quando o comboio trazendo Anna Carolina Jatobá e Alexandre Nardoni chegou ao Fórum Regional de Santana, na zona norte da capital. A viatura que trouxe a madrasta de Isabella saiu da Penitenciária Feminina de Tremembé, no Vale do Paraíba, às 6h30. Antes de seguir para São Paulo, passou na Penitenciária 2 de Tremembé para encontrar o carro que traria Nardoni.

A viagem até a capital durou pouco mais de uma hora. Na chegada ao Fórum, o comboio foi recepcionado por uma multidão de curiosos e jornalistas, que já se amontoavam diante do Fórum. Os réus vestiam a roupa do sistema prisional - calça amarela e camiseta branca. Dentro do Fórum, os dois puderam trocar de roupa. Anna Carolina usava calça jeans, sapatilha e uma blusa clara. Alexandre vestia calça jeans, tênis preto e uma camiseta branca com uma faixa azul. Também usava óculos de grau.

Os dois foram colocados na carceragem do 3.º andar, destinada aos réus, mas ficaram em celas separadas, sem contato visual. Desde que chegou ao Fórum, segundo relataram funcionários, Anna Carolina chorava muito, enquanto Nardoni demonstrava tranquilidade. A madrasta de Isabella chegou a ser atendida por uma enfermeira do Fórum. Disse que sentia fortes dores de estômago e recebeu um antiácido.

Outro personagem central, a mãe de Isabella, a bancária Ana Carolina de Oliveira chegou ao Fórum de Santana, na zona norte de São Paulo, somente por volta das 11 horas. Com camisa branca e jeans, entrou sem fazer comentários sobre o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.