Anhanguera e Castelo têm pontos de congestionamento

Outras quatro rodovias paulistas tinham movimento intenso por volta das 16h30 deste sábado

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

21 Fevereiro 2009 | 16h50

O tráfego ainda era intenso na maioria das rodovias paulistas, por volta das 16h30 deste sábado, 21. O motorista encontrava mais dificuldades na Anhanguera, Castelo Branco, Fernão Dias, Régis Bittencourt, Dutra e Padre Manuel da Nóbrega.   Anhanguera: dois pontos onde há obras na rodovia causam congestionamento. Um próximo ao km 92, entre Jundiaí e Campinas, sentido interior, e outro na altura do km 97, no sentido capital.   Castelo Branco: o trânsito seguia lento, com pontos parada na pista expressa sentido interior entre os km 20 e 25.   Fernão Dias: o trecho entre os kms 90 e 55 continuava com tráfego intenso, mas sem paradas.   Régis Bittencourt: os motoristas ainda enfrentavam cerca de 30 quilômetros de trânsito carregado na região de Juquitiba.   Presidente Dutra: o tráfego continuava intenso na região de Taubaté, entre os kms 113 e 111. Segundo a Novadutra, pequenas colisões, sem feridos, atrapalhavam o trânsito na região.   Padre Manuel da Nóbrega: o tráfego voltou a ficar carregado entre os kms 211 e 214.   Veja também: Motorista deve ter atenção em 7 rodovias federais Trânsito nas rodovias da Dersa e do DER  Trânsito na Anchieta e Imigrantes  Trânsito na Dutra  Trânsito na Anhangüera e Bandeirantes  Trânsito na Castelo Branco e Raposo Tavares    Rio-Santos: trânsito intenso, sem paradas. Tamoios: trânsito intenso, sem paradas. Ayrton Senna: fluxo normal de veículos. Carvalho Pinto: trânsito intenso ao longo da rodovia, mas sem paradas. Mogi-Bertioga: tráfego intenso, sem paradas. Floriano Rodrigues Pinheiro: tráfego fluía normalmente. Oswaldo Cruz: tráfego intenso sem paradas. Bandeirantes: fluxo normal de veículos. Raposo Tavares: fluxo normal de veículos. Imigrantes: o trecho de serra, na altura do km 47, apresentava trânsito lento. Anchieta: o tráfego estava um pouco intenso, mas sem lentidão. Piaçaguera-Guarujá: trânsito normal.   Balsas O tempo de travessia das balsas, no litoral sul e norte de São Paulo, era considerado normal, sem filas, segundo o Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa). Santos-Guarujá: as seis balsas operavam com o tempo de travessia em 15 minutos, nos dois lados. Ilhabela-São Sebastião: o motorista esperava 20 minutos para realizar a travessia, para os dois lados, que estavam sendo feitos por cinco balsas. Cananéia-Ilha Comprida: duas balsas operavam a travessia, que tinha fila de 30 minutos para Ilha Comprida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.