Anhangabaú ganha pista de gelo

A partir de hoje, rinque de patinação montado ao ar livre deverá receber mil pessoas por dia; a entrada é gratuita

Marcela Spinosa, O Estado de S.Paulo

10 Dezembro 2010 | 00h00

Mesmo sob um calor de mais de 30ºC, há um lugar no centro onde a temperatura será, a partir de hoje, típica de inverno europeu: -18ºC. Esse frio todo é necessário para manter congelada uma pista de patinação no gelo ao ar livre que ficará aberta até o dia 23, das 10h às 18h no Vale do Anhangabaú, sob o Viaduto do Chá. A entrada é franca.

Com 286 m², a pista pode receber até 60 patinadores ao mesmo tempo (mil por dia). Para patinar, basta levar documento com foto e ter, no mínimo, 5 anos. Menores de 14 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis. Deficientes físicos podem brincar em trenós puxados por monitores.

Os patins e equipamentos de segurança (joelheira, cotoveleira, luvas e capacete) serão fornecidos pela Prefeitura, que montou a pista como uma das atrações do Natal Iluminado. O interessado terá meia hora para tentar parar em pé com os patins e, quem sabe, deslizar na superfície gelada que também foi uma das atrações da Virada Esportiva, em novembro.

E é para manter-se equilibrada sobre o gelo que a estudante Carolina de Jesus, de 8 anos, garantiu que vai hoje mesmo com a avó, a doméstica Terezinha de Jesus, de 60, conhecer a pista. "Já fui em uma antes, mas caí várias vezes. É um desafio andar direito", disse. Sua avó afirmou que vai levar não só Carolina como as outras duas netas. "É um ótimo presente de Natal, mas eu não vou me arriscar."

O coordenador de Esportes da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Thiago Lobo, garante que o calor não vai derreter o gelo. "A pista está protegida pelo Viaduto do Chá e há um gerador que manterá a água congelada."

A ideia, segundo ele, é trazer à cidade atração parecida à de Nova York, nos Estados Unidos. "Queremos lembrar o Rockefeller Center, com a diferença de não termos neve."

Processo lento. Na tarde de ontem, funcionários da Fun on Ice, responsável pela pista, corriam para deixar pronta a camada de cinco centímetros de gelo. O processo é lento. Primeiramente, forra-se a pista com areia. Depois, essa camada é congelada para, em seguida, receber a primeira camada de água. Foram usados 15 mi litros de água. Depois que a água congela, a pista é pintada com tinta branca - para não ficar transparente. O processo é repetido até a pista atingir a espessura ideal. "Embaixo há tubos que congelam a água", disse Lobo.

O cobrador de ônibus Claiton Cardozo, de 33 anos, que nunca havia visto uma pista dessas, já aprovou. E disse que, no fim de semana, vai passear pela área. "É uma oportunidade única."

OUTROS LOCAIS PARA PATINAR

Shopping Eldorado

De domingo a 5ª, de 12h a 22h; 6ª e sábado, 12h a 23h. R$ 30/h.

Shopping Aricanduva

De 2ª a domingo, das 12h às 22h. R$ 25/h.

Shopping SP Market

Pista até 6/2. De 2ª a sábado, de 10h a 22h; domingo e feriado, de 12h a 22h. R$ 40/h.

Santana Parque

A partir de 13/1. R$ 25 (30 min.)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.