Reuters
Reuters

Angelina Jolie pode passar por nova cirurgia preventiva, diz agência

Atriz já havia se submetido a uma mastectomia dupla preventiva para eliminar o risco de câncer de mama em maio de 2013

O Estado de S.Paulo

12 Março 2014 | 02h07

De acordo com a agência de notícias italiana Ansa, a atriz norte-americana Angelina Jolie, de 38 anos, que se submeteu a uma mastectomia dupla preventiva para eliminar o risco de câncer de mama no ano passado, voltará a ser operada.

 

"Vou procurar conselhos com todas essas pessoas maravilhosas com quem estou conversando para continuar com a próxima etapa", afirmou ela, em entrevista à revista Enterteinment Weekly. Angelina descobriu que tinha alta probabilidade de desenvolver a doença, tanto nos seios como no aparelho reprodutor. Desta forma, decidiu retirar as mamas e, agora, pode passar por uma cirurgia no útero.

 

Histórico. A atriz anunciou sua decisão de passar por uma dupla mastectomia para reduzir o risco de câncer em maio do ano passado, pouco antes de perder sua tia, Debbie Martin, que morreu aos 61 anos, vítima de um tumor de mama.

 

Debbie era a irmã mais nova da mãe de Angelina, Marcheline Bertrand, que morreu em 2007 de câncer de ovário, aos 57 anos. A doença de Marcheline levou Angelina a fazer testes genéticos para detectar mutações no gene BRCA1. O exame mostrou um risco de 87% de desenvolver câncer de mama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.