Aneel: índice de falta de energia da Eletropaulo piorou

Problema ocorre devido à falta de manutenção na rede da distribuidora, diz diretor-geral da agência

Karla Mendes, Agência Estado

15 de junho de 2011 | 14h00

BRASÍLIA - O índice que mede a duração da falta de energia dos serviços prestados pela Eletropaulo em São Paulo piorou, admitiu nesta quarta-feira, 15, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hübner. Segundo ele, o problema tem ocorrido em função da falta de manutenção na rede da distribuidora.

O indicador da Aneel que mede a falta de luz é denominado Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (DEC). Já o que mede a frequência é chamado de Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (FEC).

Apesar disso, Hübner ponderou que há outras concessionárias de energia elétrica com índices bem piores que os da Eletropaulo. "Se fôssemos pegar o DEC e FEC, teríamos que fazer intervenção em metade das empresas (que têm índices piores que os da Eletropaulo)", afirmou Hübner, antes de participar de audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados sobre tarifas de energia.

O diretor-geral informou que a Aneel já solicitou informações à Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) sobre os incidentes ocorridos em São Paulo para que o órgão regulador tome as devidas providências. Hübner se reunirá hoje com o secretário de Energia do Estado, José Aníbal, para tratar dos problemas da Eletropaulo.

Tudo o que sabemos sobre:
energialuzapagãoSPEletropauloAneel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.