Anchieta e Piaçaguera-Guarujá terão obras de ampliação

Fase inicial das obras deve começar ainda em agosto

Solange Spigliatti, estadão.com.br

12 de agosto de 2011 | 13h54

SÃO PAULO - As rodovias Anchieta e Cônego Domenico Rangoni, principais rotas de acesso ao Porto de Santos e ao Polo Industrial de Cubatão, vão passar por obras de readequação e ampliação de capacidade de tráfego, com o objetivo de eliminar os gargalos e congestionamentos registrados na região.

 

A fase inicial das obras, de aprovação de projeto, obtenção de licenças e análise das interferências existentes nos locais, deve começar ainda este mês. A previsão da concessionária Ecovias, empresa que administra as rodovias, é que todo o trabalho esteja concluído até março de 2014.

 

As estradas ganharão três importantes obras de readequação e ampliação de capacidade de tráfego e foram anunciadas nesta quinta-feira pelo governador Geraldo Alckmin durante o evento Governo Presente, e serão executadas pela Ecovias, atendendo a um pedido do Governo, sem que isso represente aumento na tarifa de pedágio.

 

O pacote de investimentos, de cerca de R$ 345 milhões, inclui a remodelação do trevo localizado no KM 55 da rodovia Anchieta, a adequação do viaduto Rubens Paiva (antigo 31 de março), também na Anchieta, na altura do KM 60, e a construção de uma terceira faixa em ambos os sentidos na rodovia Cônego Domenico Rangoni, entre o KM 270 e o KM 262, região do Polo Industrial de Cubatão.

 

A inclusão das obras no contrato e o seu reequilíbrio econômico-financeiro ainda estão sendo formalizados junto à Agência Reguladora dos Transportes e a Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.