ANÁLISE: não se permite ao cristão ser triste, acentua pontífice

Aparecida foi uma escolha de peregrino feita pelo pontífice e não um púlpito para o chefe supremo da Igreja Católica deixar uma mensagem pontual, o que poderia fazer com todo o direito e preocupação pastoral. Mas ele veio como peregrino, abraçando a todos, sobretudo as crianças. Dessa forma, demonstrou o que tem demonstrado desde que assumiu o seu pontificado. Seu jeito humilde e despojado de um homem de Deus, peregrino por natureza, é que deixou a grande mensagem, a grande lição de Cristo em nossa terra neste encontro com os fiéis brasileiros.

Valeriano dos Santos Costa,

25 de julho de 2013 | 02h12

De sua homilia, não podemos esquecer as três posturas que devem marcar a vida cristã: Conservar a esperança; deixar-se surpreender por Deus; viver na alegria. Conservar a esperança diante do "dragão" que tenta submergir a mulher que Deus socorre no Apocalipse. Essa mulher é figura da Igreja e do bem, tantas vezes abalados pelo império do mal. Deixar-se surpreender por Deus foi a ação de Ester, que, com sua beleza, encantou o rei, do qual conseguiu as boas graças para salvar o seu povo. Finalmente, viver na alegria é a vocação cristã, pois a possibilidade da transformação da água em vinho, como ocorreu nas bodas de Caná, é uma experiência que não permite ao cristão ser pessimista, triste.

O papa disse com palavras o que vem dizendo com a atitude despojada e feliz. Disse aquilo que diz a Bíblia e estimulou a Igreja a seguir sua vocação de ser um "luzeiro" num mundo envolto nas trevas da ganância e indiferença. Sua atitude de abertura e de carinho, sua prece de cunho pessoal, depois de olhar, com lágrimas nos olhos, a imagem que tantos peregrinos contemplam a lacrimejar, mostra que o papa Francisco veio pedir a Nossa Senhora a proteção e ajuda para os jovens, para a Igreja e para ele. A missão não permite hesitar, rezou o papa, quando a cruz for pesada, pois para Deus nada é impossível. Que Deus o abençoe e lhe dê forças para não hesitar.  

* VALERIANO DOS SANTOS COSTA É DIRETOR DA FACULDADE DE TEOLOGIA DA PUC-SP

Tudo o que sabemos sobre:
papa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.