Análise: Crescida a massa, foi preciso ampliar as palavras de ordem

MTST surgiu como persistente núcleo e catalisou insatisfações coletivas usando palavras de ordem ligadas à área urbanística

Roberto Romano, O Estado de S. Paulo

16 Julho 2014 | 23h00

Para entender um movimento de massa, importa analisar a sua gênese e como ele se desenvolve. Não existe arregimentação coletiva sem um núcleo inicial de pessoas. Elias Canetti (Massa e Poder) dá a esse grupo o nome de “cristal de massa”. Ele preside o nascimento, a expansão, a dissolução das aglomerações e catalisa as carências dos indivíduos dispersos, os reúne e ordena sua atividade. Outro item é a palavra de ordem que sintetiza crenças e doutrinas. Ela serve para atrair iniciados e os novos integrantes para a ação direta. Um movimento, à diferença das instituições, é algo fluido que pode se fragmentar por problemas de ordem interna (divisão dos grupos na massa) ou externa (ação de instituições como as igrejas, os poderes políticos, policiais, militares). 

O MTST preenche as condições acima. Ele surgiu como persistente núcleo e catalisou insatisfações coletivas usando palavras de ordem ligadas à área urbanística, como a moradia. Bem-sucedido na arregimentação inicial, em ações para a tomada de espaços não utilizados (próprios públicos ou particulares) e vitorioso em alguns alvos táticos como o de levar os poderes estatais às negociações, ressurgiu a necessidade de ampliar a massa para que os militantes não se dispersassem. Crescida a massa, também foi preciso ampliar as palavras de ordem, para por o movimento como um todo em estado de coesão, sob controle do núcleo dirigente. É o que explica as novas palavras de ordem, para além da habitação, sobre telefonia. Tal coisa tem proximidade com o problema da residência, pois se trata de estabelecer, para além do ponto fixo (a morada) um veículo de comunicação rápida entre os militantes. 

Os movimentos e as palavras de ordem são elásticos em quais limites? Impossível dizer a priori. Mas, quanto mais abrangente a palavra de ordem e mais itens ela contiver, mais difícil é a arregimentação renovada da massa. Tal é o obstáculo para a renovação duradoura de todo movimento, incluindo o MTST. 

PROFESSOR DE FILOSOFIA E ÉTICA DA UNIVERSIDADE DE CAMPINAS (UNICAMP) 

Mais conteúdo sobre:
MTSTsem-teto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.