Anac sugeriu restrição de uso

Em março, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicou uma norma em que sugere restrição de uso do solo em áreas próximas de aeroportos. A ideia é tentar conter a expansão imobiliária em regiões que sofrem com ruídos de aviões. Como Moema, onde os vizinhos reclamam do barulho de Congonhas. A medida foi mais uma tentativa de postergar a redução do funcionamento do aeroporto da zona sul.

O Estado de S.Paulo

09 Outubro 2011 | 03h01

O Regulamento Brasileiro de Aviação Civil 161 atualiza uma antiga portaria da própria Anac, a 1.141, de 1987. Nela, a agência propõe um Plano de Zoneamento de Ruído que delimita as áreas próximas das pistas dos aeroportos para uso exclusivo de produção e extração de recursos naturais, serviços de utilidade pública ou uso comercial, como estacionamentos ou feiras.

Nessas áreas não seriam permitidas construções residenciais, educacionais ou de saúde. O que também reduziria as reclamações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.