FELIPE  RAU|ESTADÃO
FELIPE RAU|ESTADÃO

Amigos fazem busca por estudante desaparecido

Alunas de Jornalismo da Universidade de Mogi das Cruzes percorrem hospitais em busca de amigo, que estava no ônibus

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

09 Junho 2016 | 11h01

MOGI DAS CRUZES - Na porta do Instituto Médico Legal (IML) de Mogi das Cruzes, um grupo de estudantes de Jornalismo da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) tentava encontrar um amigo que estava desaparecido. A estudante Daniela Souza Gomes, de 22 anos, saiu de casa às 6h50 da manhã desta quinta-feira, 9, e, mesmo sem conhecer a família do rapaz, iniciou uma busca por hospitais da cidade junto a três amigos.

"A gente não sabe se ele está vivo. Apresentamos um trabalho ontem. O pai e o irmão dele passaram em vários hospitais e nós os encontramos. A gente resolveu procurar por conta própria". Depois da aula, o estudante entrou no ônibus para voltar para São Sebastião e não foi mais localizado pelos amigos e parentes.

Outra amiga dos estudantes que estava no ônibus ficou ferida. "Ela também é da nossa sala e sabemos que está internada, está bem", diz o estudante Lucas Daelhio, de 19 anos.

Durante a madrugada, o grupo acompanhou as notícias sobre o caso e trocou informações em redes sociais. Por volta das 10 horas, eles começaram a receber informações de amigos de que o colega de classe teria morrido. Como não era um dado oficial, seguiram para a UMC para buscar detalhes. "Só vou acreditar quando o pai ou o irmão dele confirmar", disse Daniela, chorando.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.