Amigos e familiares de Mércia fazem manifestação no centro de SP

Cerca de 300 pessoas se reuniram na Praça da Sé pedindo justiça no caso da advogada que foi encontrada em 11 de junho morta em uma represa na cidade de Nazaré Paulista, interior de SP

Solange Spigliatti, estadão.com.br

20 de agosto de 2010 | 16h40

SÃO PAULO - Cerca de 300 pessoas, entre familiares e amigos da advogada Mércia Nakashima, encontrada morta no dia 11 de junho desde ano, estão reunidos desde o começo da tarde desta sexta-feira, na Praça da Sé, região central de São Paulo, pedindo Justiça.

 

Além da manifestação de hoje, a família pretende fazer uma caminhada pelas ruas de Guarulhos, na Grande São Paulo, neste sábado, 21. O grupo deve sair em passeata depois de uma missa, que será celebrada a partir das 8 horas na Igreja Matriz de Guarulhos.

 

Mércia desapareceu em 23 de maio depois de sair da casa de seus avós, em Guarulhos. O corpo dela foi encontrado em 11 de junho em uma represa em Nazaré Paulista, no interior do Estado. O ex-namorado da vítima, o advogado Mizael Bispo de Souza, e o vigia Evandro Bezerra da Silva são acusados da morte da advogada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.