Americano ferido em explosão em SP está em estado gravíssimo

Jeremy York Lee Hedman perdeu um braço e teve complicações na Aorta; duas pessoas morreram no acidente

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

03 de outubro de 2008 | 17h26

É gravíssimo o estado de saúde do norte-americano Jeremy York Lee Hedman que perdeu um braço na noite de quinta-feira, 2, após a explosão de um forno a vácuo numa empresa de tratamento de peças no na Avenida Presidente Wilson, no Ipiranga, zona sul de São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, no centro de São Paulo, Hedman apresentou sangramento na artéria aorta e deve passar por uma angioplastia ainda nesta sexta-feira, 3. O acidente ainda matou dois funcionários - Itamar Ângelo Cambrais, de 39 anos, e Alexandre Cantoni, de 33. Márcio Torres Boragini, o outro trabalhador ferido, continua internado, consciente, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Geral do Hospital Santa Catarina. Seu estado é estável e ele não corre risco de morte, segundo boletim divulgado pelo hospital.

Tudo o que sabemos sobre:
explosãoIpiranga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.