Ameaça de bomba faz aeronave retornar a aeroporto de Bauru

Bilhete foi achado no banheiro do avião que fazia voo ADD-4417, com destino a Viracopos

Chico Siqueira, Especial para o Estado

27 Maio 2014 | 16h16

Atualizado às 16h40

ARAÇATUBA - Um bilhete com ameaça de bomba encontrado no banheiro masculino de um avião da Azul obrigou a aeronave a retornar na manhã desta terça-feira, 27, ao aeroporto Moussa Tobias, em Bauru (SP). Segundo a Polícia Federal (PF), o voo ADD-4417, que partira às 10h, tinha como destino o aeroporto de Viracopos, em Campinas, e transportava 50 passageiros.

A tripulação encontrou o bilhete dizendo que havia uma bomba no interior da aeronave dez minutos após o avião ter decolado, antes da escala programada para Marília.

Assim que aterrisou, o avião foi isolado e os passageiros, retirados. Eles tiveram de aguardar em uma sala enquanto equipes da PF e da PM, com um cão farejador, faziam um rastreamento no aparelho e revistavam as bagagens.

O aeroporto não foi interditado e nada foi encontrado. A PF abriu inquérito para apurar a procedência do bilhete. Por volta das 14h30, os passageiros embarcaram no mesmo avião, que seguiu então viagem para Campinas.

A Azul informou em nota que o caso está sendo conduzido pela PF. A companhia também disse ter prestado "toda a assistência necessária aos clientes, de acordo com a resolução 141 da Anac".

Mais conteúdo sobre:
São Paulobomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.