Divulgação
Divulgação

Amauri vira 'rua verde' no domingo

Evento em rua do Itaim-Bibi espera atrair 8 mil pessoas com oficinas e cardápios especiais

EDISON VEIGA, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2012 | 03h04

Conhecida pela grande concentração de restaurantes, a pequena Rua Amauri, no Itaim-Bibi, ficará diferente neste domingo. Do meio-dia às 19h, no trecho entre as Avenidas 9 de Julho e Brigadeiro Faria Lima, acontecerá a Rua Verde, um evento que mistura sustentabilidade, entretenimento e boa comida.

"Se tudo der certo, será uma atração anual", planeja João Doria Júnior, presidente do Grupo Doria e idealizador do projeto. A expectativa é receber 8 mil pessoas - a entrada será gratuita.

A ideia surgiu com o sucesso do Avant Gabriel Chandon, evento produzido pelo mesmo grupo e que, em sua segunda edição no mês passado, reuniu 15 mil pessoas na Alameda Gabriel Monteiro da Silva. "Será uma festa ao ar livre. E, como estamos no mês de junho, dedicado ao meio ambiente e com a Rio +20 acontecendo, a ecologia será o foco", explica Doria.

Ao longo da tarde, oficinas ensinarão crianças a reaproveitar embalagens. Também haverá aulas de como montar uma horta em apartamento e dicas de jardinagem. Os restaurantes da rua serão convidados a apresentar opções "verdes" em seu cardápio. "O Dressing, por exemplo, vai ter três tipos de saladas especiais, montadas só com produtos orgânicos", antecipa o idealizador.

Atrações. No total, 17 estações serão montadas no trecho da rua que será fechado a carros. Haverá espaços de música - jazz, música clássica e MPB -, oficinas e apresentações circenses. Circularão pela rua carrinhos de pipoca, algodão doce e sorvete. Haverá ainda uma passarela de 2 mil metros quadrados confeccionada com material PET reciclável.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.