Amante de goleiro tem sangramento e sai da prisão para exames em maternidade

CASO BRUNO

, O Estado de S.Paulo

09 de agosto de 2010 | 00h00

A amante do goleiro Bruno Fernandes, Fernanda Gomes de Castro, de 32 anos, passou mal ontem na prisão. Acusada de envolvimento no sequestro e morte de Eliza Samudio, Fernanda disse ter tido sangramento e foi levada à Maternidade Otaviano Neves, na capital mineira. Segundo a Secretaria de Estado da Defesa Social, Fernanda deve passar a noite na unidade médica. Antes de ela ser levada à penitenciária onde está presa preventivamente desde o dia 5, seus advogados já haviam dito que havia possibilidade de ela estar grávida. O exame de ultrassom, porém, não detectou o feto. Ontem, ela seria submetida a outros procedimentos - incluindo curetagem, se necessário - para verificar se tem condição de voltar à prisão. Pela manhã, havia sido atendida por médicos da penitenciária. Além de Fernanda, outras 8 pessoas estão presas pelo caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.