Alunos pagam, mas não têm baile de formatura

Cinquenta e cinco alunos de Odontologia e Enfermagem da Universidade de Taubaté foram lesados pela Dacon Formaturas. Eles tinham contratado a empresa para organizar o baile de formatura das duas turmas na sexta-feira, mas ao chegar ao baile descobriram que a Dacon não havia pago fornecedores e não haveria festa. Cada aluno pagou entre R$ 2 mil e R$ 3 mil. Os donos da Dacon desapareceram. A polícia investiga o caso.

, O Estado de S.Paulo

02 Fevereiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.