Alunos da Unifesp ocupam reitoria e são retirados pela polícia

Grupo protestava contra os gastos irregulares do reitor da Universidade com os cartões corporativos

Oswaldo Faustino, do estadão.com.br,

14 de junho de 2008 | 04h44

Estudantes da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) ocuparam a reitoria, na Vila Clementino, na noite de sexta-feira, 13. A Polícia Militar foi chamada e entrou no prédio retirando os invasores que foram levados para a delegacia do bairro, o 16º DP.  Um aluno, integrante do DCE e que não quis se identificar, afirma que os invasores são do campus de Guarulhos e que o grupo estava aproveitando para protestar contra as denúncias sobre gastos irregulares do reitor, Ulysses Fagundes Neto, com cartões corporativos. O mesmo estudante revela também que, ao avistarem os policiais entrando no prédio, membros do DCE foram tentar dialogar e receberam jatos de spray de pimenta. Não se sabe o número exato de invasores. Cerca de 48 estudantes na estavam na delegacia de Vila Clementino por volta das 4 horas deste sábado.

Tudo o que sabemos sobre:
Unifesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.