Alunos criam campanha de projeto social

Grupo da ESPM cria programação visual para projeto de cinema que vai rodar o Brasil

Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2010 | 00h00

A primeira campanha publicitária a gente nunca esquece. Oito alunos da Agência Experimental da ESPM concluíram na semana passada seu trabalho de estreia no mercado: a identidade visual do Brasil Sorridente, projeto de cinema itinerante que também leva noções de saúde bucal a 45 cidades.  O Estadão.edu seguiu o processo de criação do logotipo, que vai estampar de banners a sacos de pipoca (veja abaixo). "Como queríamos novos conceitos, nada melhor do que a universidade", diz Jorge Muzy, responsável pelo Brasil Sorridente. A Cruz Vermelha e o Corpo de Bombeiros são alguns dos clientes da agência, que só aceita trabalhos ligados a projetos sociais e educacionais e não cobra nada pelo serviço. "É um espaço de experimentação", diz o coordenador da agência, Mateus Marangoni.

No desenvolvimento da campanha, apareceram conflitos típicos de agências profissionais, como a rixa entre as equipes de criação e atendimento. "A parte mais difícil foi convencer a criação a fazer as alterações que o cliente pediu", diz Bárbara Campos, do 2º ano.

 

Confira processo de criação:

PROPOSTA 1

ALUNOS: O primeiro logo foi simples, e dava um enfoque maior para a saúde bucal. Suas cores remetem às da bandeira brasileira e tentavam passar vivacidade.

CLIENTE: A criatividade surpreendeu, mas faltava traduzir a ideia integral do projeto, de saúde bucal, mas também de cinema itinerante.

 

PROPOSTA 2

 

ALUNOS: Tentamos agregar melhor a ideia do cinema com saúde bucal. Colocamos o desenho do filme e o saco de pipoca, com um sorriso.

CLIENTE: A proposta se aproximou mais do nosso objetivo. Mas ainda queríamos algo mais leve. Surgiu a ideia de um personagem.

 

PROPOSTA 3 - FINAL

ALUNOS: Trocamos o filme pela claquete. As cores são leves e dão um tom alegre para todos os públicos. Traduz bem o conceito.

CLIENTE: Chegamos ao nosso logotipo! Tradução perfeita do cinema como catalisador para divulgar a importância do cuidado com a saúde bucal.

 

Tudo o que sabemos sobre:
pontoeduespmpublicidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.