Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Aluna perde ônibus e se salva de acidente na Mogi-Bertioga

'Foi uma coisa inexplicável, porque não costumo faltar. Eu conhecia todo mundo, falava com eles, a gente brincava', diz estudante

Paula Felix, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2016 | 11h49

SÃO PAULO - Sem provas para fazer nem trabalhos para entregar, a estudante de jornalismo da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) Hikary Cristina Bueno Alves, de 18 anos, desistiu de ir para a aula ontem após se atrasar e perder o ônibus que passava às 17h30 perto de sua casa, em São Sebastião. Horas depois, o veículo sofreria o acidente que vitimou vários amigos seus.

"Foi uma coisa inexplicável, porque não costumo faltar. Eu conhecia todo mundo, falava com eles, a gente brincava."

Ela soube do acidente na madrugada, quando amigos começaram a enviar mensagens pelo WhatsApp e Facebook. "Perguntaram se eu estava viva e fiquei completamente desesperada. Pensei nos meus amigos. Não consigo acreditar que isso aconteceu com as pessoas maravilhosas com quem eu falava todos os dias." A jovem estava muito emocionada e não parava de chorar.

Hikary, que está no primeiro período do curso, conta que já tinha medo do trajeto que o ônibus costuma fazer e que pensava em se mudar para Mogi das Cruzes."Sempre tive medo daquela serra e a estrada tem muita curva. Já pensava em ir morar em Mogi e, agora, estou pensando seriamente em me mudar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.