Alterações não resolvem problema, critica arquiteto

Para o arquiteto José Marques Carriço, da Universidade Católica de Santos e funcionário do gabinete da vereadora Cassandra Maroni (PT), as mudanças anunciadas pela prefeitura de Santos não resolverão o problema, em especial pela quantidade de veículos que os empreendimentos atraem. A redução não deve surtir efeito porque prédios têm área real maior que a permitida - varandas não são contadas como "área construída".

, O Estado de S.Paulo

29 Janeiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.