Alemã procurada pela Interpol é presa pela PF na zona sul de São Paulo

Nina Kossin é acusada de tráfico de drogas entre Alemanha e África do Sul; ela estava em Parelheiros

Fausto Macedo, O Estado de S.Paulo

29 de fevereiro de 2012 | 21h15

SÃO PAULO - Agentes da Polícia Federal que integram o escritório da Interpol (Polícia Internacional) em São Paulo prenderam nesta quarta-feira, 29, em Parelheiros, extremo sul da cidade, a alemã Nina Kossin, de 31 anos, acusada por tráfico internacional de drogas.

A Interpol informou que Nina está sendo processada por 126 entregas de cocaína, em 2007, da África do Sul para a Alemanha. Ela é ré na Justiça de Braunschweig.

O mandado de prisão contra Nina foi expedido pelo ministro José Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, que acolheu solicitação formal da Justiça alemã e decretou a extradição número 1274 em 9 de fevereiro.

A Interpol constatou que Nina vive no Brasil desde 2008. Em São Paulo, ela é ré em processo da 16.ª Vara Criminal por tráfico de drogas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.